O governador de Minas Gerais Romeu Zema (Novo), confirmou sua vinda a Joinville nesse fim de semana para apoiar a campanha do segundo turno dos candidatos a prefeito Adriano Silva e vice Rejane Gambin.

Joinville é a única cidade do Brasil onde o Novo colocou um candidato a prefeito no segundo turno. Foi também a cidade com o maior número de vereadores eleitos, proporcionalmente ao número de eleitores, elegendo três representantes: Alisson Julio, Érico Vinícius e Neto Peters.

A agenda de Romeu Zema em Joinville contempla atividades da campanha eleitoral dos candidatos Adriano Silva e Rejane Gambin, no sábado (21) e domingo (22), além de uma visita ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville e entrevistas para a imprensa.

O governador de Minas foi o primeiro a se eleger no Brasil pelo Partido Novo e contratou as pessoas para todas as secretarias e cargos comissionados por processo de recrutamento e seleção, ideia que será replicada em Joinville caso Adriano Silva seja eleito no segundo turno. Nas eleições municipais 2020, o Novo elegeu 29 vereadores em diferentes estados do Brasil.

Sem privilégios

Seguindo os princípios e valores do Novo, de abrir mão de privilégios e não usar dinheiro público para fins pessoais, o governador viaja para Joinville em voo comercial e os custos de passagem, hospedagem e alimentação serão pagos pelo diretório nacional do partido.

Ao assumir o governo de Minas Gerais, Zema dispensou o uso da residência oficial, o Palácio da Mangabeiras, o que gerou uma economia de mais de R$ 5,5 milhões até o meio deste ano.

Desde o início de sua gestão, Romeu Zema determinou o uso compartilhado das aeronaves do Governo, que chegava a sete em gestões passadas.

Atualmente, o Gabinete Militar conta com três aeronaves, que são utilizadas para diversas ações, como apoio no transporte de órgãos em diferentes regiões de Minas. Até maio deste ano, 47 missões foram realizadas no apoio aéreo ao MG Transplantes.

 

Telegram Jaraguá do Sul