A Rádio Jovem Pan News Criciúma deu início na última semana a divulgação de uma série de pesquisas de avaliação das gestões municipais da Região Carbonífera. O segundo município a conhecer os dados foi Criciúma. O prefeito da cidade, Clésio Salvaro (PSDB), esteve no estúdio da emissora e falou sobre o resultado. O primeiro município a ter os dados divulgados foi Orleans.

A pesquisa, em Criciúma, foi realizada nos dias 4 e 5 de novembro de 2021, totalizando 600 entrevistas, com margem de erro máxima de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%. As entrevistas foram feitas através de contato pessoal, onde os entrevistados foram abordados em suas residências.

Mais de 85% aprovam a forma de gestão

Os dados coletados apontam que 85,6% dos entrevistados aprovam a forma de administrar do prefeito de Criciúma. Do restante, 10,8% reprovam e 3,8% não sabem. Questionados quanto a atual administração municipal de Salvaro, a maioria dos entrevistados, 52,4%, classifica como boa. Há ainda 26,2% que elencam como ótima a administração; 14,6% como regular; 4,6% como ruim e 2,2% como péssima.

"Os números são muito positivos para quem está saindo de uma pandemia. Passamos por um processo eleitoral muito difícil também, junto com outros seis candidatos. Passado quase um ano das eleições, obter este número de aprovação é muito bom", disse Salvaro sobre o resultado.

Salvaro afirma que os dados também refletem o trabalho das cinco secretarias municipais. "Temos funcionários e secretários comprometidos, são só cinco secretarias, sem adjuntos, e um ótimo trabalho tem sido feito, Temos um grupo muito comprometido", aponta o prefeito.

Os dados também são positivos quanto a confiança depositada em Clésio Salvaro, dos 600 entrevistados, 482 (80,4%) dizem confiar no prefeito. São 16,6% que não confiam e 3% que não souberam responder.

Pavimentações são a marca positiva de Salvaro

Durante a pesquisa, os entrevistados foram questionados para, espontaneamente, apontarem qual é para eles a 'marca' do mandato do prefeito. A maioria das respostas foram para as pavimentações, sendo que 25,2% apontaram para este quesito.

Em segundo lugar estão as obras promovidas na atual gestão, com 13,4% das lembranças, seguida de boa administração (8,8%); ações na saúde 6,8% e ações na educação (5,2%).

Moradores querem mais ruas pavimentadas

Nas lembranças negativas apontadas são 2,8% dos entrevistados que pedem por mais pavimentação e 1,6% deles dizem que o prefeito precisa 'fazer mais' pela cidade.

"Nós vamos pavimentar todas as ruas urbanas do município. Serão mais 277 ruas. Mas, a maior obra do nosso governo não é a pavimentação das ruas, é uma obra que não se inaugura, é uma obra que os pais verão no futuro. É a educação. Estamos fazendo muito investimento na educação. Incluindo cursos, educação financeira, empreendedorismo, robótica nas escolas. O que estamos fazendo é algo extraordinário", comentou o prefeito.

Governo de Jair Bolsonaro tem avaliação negativa na cidade carbonífera

Se agrupadas entre respostas positivas e negativas, a gestão do presidente da República, Jair Bolsonaro, tem mais avaliações ruins em Criciúma. São 42,8% dos entrevistados que apontam como ruim a gestão de Bolsonaro; 34,6% avaliam como boa e 22,0% como regular.

Carlos Moisés também tem respostas negativas

A avaliação do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, também não teve maioria positiva. A maioria dos entrevistados, sendo 36,4%, avaliam como negativa a gestão do atual governador do Estado. São 33,% dos entrevistados que consideram regular e 23,2% avaliam positivamente. Há ainda 7,4% dos entrevistados que não soube responder.

Confira os dados completos da pesquisa

Novas pesquisas

Nas próximas semanas a Jovem Pan News Criciúma segue divulgando as pesquisas de avaliação das demais cidades da região. Confira o cronograma:

  • 4 de novembro: Orleans. Clique e confira!
  • 11 de novembro: Criciúma
  • 18 de novembro: Cocal do Sul
  • 25 de novembro: Morro da Fumaça
  • 2 de dezembro: Urussanga
  • 9 de dezembro Lauro Muller
  • 16 de dezembro: Forquilhinha
  • 27 de janeiro: Içara
  • 3 de fevereiro: Treviso
  • 10 de fevereiro: Balneário Rincão
  • 17 de fevereiro: Nova Veneza
  • 24 de fevereiro: Siderópolis

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp