Líder da bancada estadual do MDB, deputado Luiz Fernando Vampiro, também sugeriu que nas conversas sobre a Executiva sejam contemplados o colega Fernando Krelling (foto) | Foto Divulgação Alesc
Líder da bancada estadual do MDB, deputado Luiz Fernando Vampiro, também sugeriu que nas conversas sobre a Executiva sejam contemplados o colega Fernando Krelling (foto) | Foto Divulgação Alesc

O deputado estadual Fernando Krelling (MDB) participou nesta terça-feira (12) do lançamento da frente parlamentar que vai defender as regiões norte e nordeste de Santa Catarina. Para o deputado, ter um grupo focado exclusivamente nas demandas vindas dessas regiões pode abrir um caminho mais curto para respostas e soluções da comunidade, já que a cobrança dos poderes executivos deve ser maior.

“Somos polo industrial, somos referência no fomento da economia, seja de madeira, moveleira, seja na agricultura familiar... E precisamos que o executivo estadual e o executivo federal tenham uma visão diferenciada da gente”, comentou o deputado.

Ainda de acordo com Krelling, estar inserido nesta frente é poder lutar ainda mais pela região de onde vem.

“Me coloquei à disposição para ser parceiro nas demandas que surgirem de toda a região norte catarinense. Fui eleito e agora estamos caminhando nessa direção, pra dar essa resposta a população e tentar soluções concretas na vida dos catarinenses”, concluiu.

Na sessão que marcou o lançamento da frente, estiveram presentes prefeitos e membros de associações dos municípios do norte e nordeste de Santa Catarina.

As primeiras ideias de planos de ação já começaram a surgir e a tendência é que o bloco se organize nos próximos dias com cronogramas de reuniões e, possivelmente, visitas in loco a pontos estratégicos, de acordo com as pautas levantadas.

Além dos problemas em infraestrutura nas rodovias como a SC-418 (Serra Dona Francisca) e a BR-280, a frente buscará também como prioridade mais representatividade e reconhecimento por parte dos governos do estado e federal, com os recursos necessários nas mais diversas áreas.

*Com informações de assessoria de imprensa

Quer receber as notícias no WhatsApp?