A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul homenageia em sessão solene a partir das 19h desta terça-feira (23), as cinco etnias que colonizaram o município. A ideia surgiu depois de uma reunião entre o Legislativo e a Fundação Cultural da cidade.

De acordo com a historiadora do Arquivo Histórico Eugênio Victor Schmöckel, Silvia Toassi Kita, a única das cinco etnias considerada imigrante é a húngara, pois as famílias vieram direto da Hungria para Jaraguá dos Sul, onde se instalaram na localidade de Garibaldi, 1891.

"As demais, que se deslocaram para o município de outras regiões do Brasil e de Santa Catarina, são de colonizadores", enfatiza.

Os trabalhadores negros chegaram com Emílio Carlos Jourdan - o fundador da cidade, em 1876, ficaram um tempo nas proximidades do Centro e depois foram transferidos para o Morro da Boa Vista e também se instalaram na Vila Lenzi.

Em 1890, vieram os italianos, que começaram sua caminhada na Barra do Rio Cerro e mais tarde foram se fixar em Nereu Ramos e Santa Luzia.

Na mesma época chegaram os alemães. Aqueles que vieram de Blumenau, tiveram como destino o Rio da Luz e Rio Cerro. Enquanto os que saíram de Joinville se concentraram no João Pessoa, Amizade, Três Rios do Sul e Três Rios do Norte.

Os últimos a chegar foram os poloneses, em 1912, que não tiveram uma região específica da cidade para se instalar.

Associações étnicas

De acordo com a historiadora Silvia Kita, a administração municipal incentivou a criação e manutenção das associações étnicas na cidade com o objetivo de preservar a história e o legado cultural de cada uma.

"São essas entidades que movimentam a programação cultural de Jaraguá do Sul durante todo o ano com festas típicas em suas sedes e eventos mais abrangentes", destaca.

 

Confira as associações e data de criação de cada uma:

  • Centro Cultural Neue Heimat (1988);
  • Círculo Italiano de Jaraguá do Sul (1991);
  • Liga dos Grupos Folclóricos de Jaraguá do Sul (1993);
  • Associação Húngara de Jaraguá do Sul (1996);
  • Centro de Cultura Alemã de Jaraguá do Sul (1997);
  • Associazone Bellunesi Nel Mondo Famiglia Jaraguá do Sul (2000);
  • Movimento de Consciência Negra do Vale do Itapocu – Moconevi (2001);
  • Associação da Cultura Polonesa de Jaraguá do Sul (2002);
  • Comunidade Negra de Jaraguá do Sul – Conejas (2004);
  • Circolo Trentino Di Nereu Ramos (2008).

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger