O governador Carlos Moisés anunciou durante coletiva nesta sexta-feira (3) que o Estado irá destinar mais recursos para os hospitais filantrópicos de Santa Catarina, entre eles os de Jaraguá do Sul e Guaramirim.

De acordo com Moisés, o repasse mensal vai desconsiderar os indicadores de avaliação das unidades e pagar o teto conforme a categoria de cada hospital.

O objetivo é garantir o bom atendimento dos catarinenses durante a pandemia do coronavírus e ajudar as unidades a custear equipamentos, recompor os caixas e fazer novos investimentos.

Valor que será enviado para cada hospital por mês

  • Hospital Santo Antônio (Guaramirim): verba passa de R$ 29 mil para R$ 70 mil
  • Hospital e Maternidade Jaraguá: verba passa de R$ 240 mil para R$ 450 mil
  • Hospital São José: verba passa de R$ 288 mil para R$ 450 mil

Leitos em hospitais particulares

O governador ainda destaca que o Estado irá contratar leitos na rede privada de saúde para atender a população. Atualmente, Santa Catarina tem 801 leitos de UTI. Outros 713 estão sendo criados. Com a compra de mais 1.500, a rede estadual de saúde deve contar com cerca de 2.500 leitos.

Desta forma, o Estado sairá da média de 1.58 leitos por 10 mil habitantes para 3.52. Segundo Moisés, a demanda durante o pico da pandemia na Itália era de 2.4 leitos por 10 mil habitantes.

 

Foto Studio OCP

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul