Estabelecimentos comerciais e de serviços de Criciúma deverão divulgar, por meio de placas, o número da Central de Atendimento à (180) destinado a atender denúncias de violência contra a mulher, como medida de auxílio à mulher que se sinta em situação de risco.

A medida foi aprovada pelos vereadores na Sessão desta terça-feira (7/7). O projeto de autoria do vereador Edson Luiz do Nascimento, ressalta que as placas deverão ser afixadas em local de maior trânsito de clientes ou usuários em hotéis, motéis, pousadas, salões de beleza, casas de massagem, lanchonetes, eventos e show, academias, supermercados, feiras, shoppings e demais estabelecimentos de venda de produtos ao consumidor final.

Segundo o parlamentar a legislação traz uma nova forma de segurança para as mulheres. "É extremamente importante que todos os setores da sociedade, diante da exposição à violência que as mulheres vivem, busquem iniciativas que possam mitigar minimamente o crescimento da violência e estabeleçam ações preventivas que obstruam o avanço de condutas violentas contra as mulheres", pontuou o autor da matéria que agora vai para sanção do prefeito Clesio Salvaro.