O astronauta Marcos Pontes pousou em Florianópolis nesta terça-feira (23) e já foi possível ver a grande aproximação entre o provável Ministro de Ciência e Tecnologia de Bolsonaro, caso seja eleito, e o Comandante Moisés. No evento ocorrido na Associação Catarinense de Tecnologia, Pontes criou expectativa referente aos investimentos federais em tecnologia e inovação do possível governo Bolsonaro.

“A tecnologia é importante no dia-a-dia para as empresas que nascem, geram emprego e qualidade de vida. E, juntamente com Moisés e Bolsonaro, iremos trabalhar para que Santa Catarina se transforme num modelo para o Brasil e, de fato, ciência e tecnologia são a mola propulsora do desenvolvimento de qualquer país”, destaca Pontes.

Diante de uma plateia formada por convidados da área de tecnologia, e ao lado do também de Marcos Pontes, Moisés apresentou suas propostas de governo para as áreas de tecnologia e inovação, falando em estimular o crescimento no ramo da inovação, bem como criar a Rede Catarinense de Laboratórios de Inovação Pública, transformando Santa Catarina num polo nacional de atração de empresas de tecnologia.

Além disso, o candidato ao governo de Santa Catarina do partido de Bolsonaro frisou a inclusão de conteúdos ligados ao universo tecnológico na Rede Educacional, entre outras ações que, segundo ele, irão destacar Santa Catarina no cenário nacional.

“Iremos fomentar essas atividades, pois vejo que este é um dos segmentos mais promissores para o crescimento do Estado, impactando direto na modernização das cadeias produtivas. Desta forma, vamos fazer com que a economia política do desenvolvimento seja realizada, centrada no trabalho como produtor e organizador da vida social, atraindo investidores”, destaca o candidato da sigla PSL em Santa Catarina, Comandante Moisés.

Promovido pela Acate, o evento teve como objetivo aproximar as entidades catarinenses do assunto que é considerado um poderoso aliado para as empresas conseguirem maior competitividade, tanto no mercado nacional como no internacional.

*Com informações de assessoria de imprensa

Quer receber as notícias no WhatsApp?