Em reunião com o embaixador do Japão, governo catarinense solicita a retomada das importações de carne de ave

Florianópolis (SC), 19/07/2023 - O Governador Jorginho Mello recepcionou o Embaixador do Japão no Brasil - Sr. TEIJI HAYASHI na Casa D'Agronômica na manhã desta quarta-feira (19) em Florianópolis. Foto: Eduardo Valente/SECOM

Por: Pedro Leal

19/07/2023 - 15:07 - Atualizada em: 19/07/2023 - 15:48

O governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, recebeu o embaixador do Japão, Hayashi Teiji, na manhã desta quarta (19) na Casa D’Agronômica para tratar de assuntos comerciais e políticos.

Em pauta estavam: o desenvolvimento econômico de Santa Catarina por meio da mediação e suporte de investimentos japoneses no estado, promoção e fomento das potencialidades econômicas, comerciais, tecnológicas, culturais, desportivas e industriais.

O tema central do encontro foi a suspensão temporária da importação de aves para o país asiático por causa de gripe aviária. O objetivo do governo catarinense é reverter à suspensão da compra de carne de frango demonstrando o trabalho de controle sanitário realizado no estado.

“Somos um estado referência em sanidade animal. Essa questão pontual de foco da gripe aviária já é algo superado pelo Ministério da Agricultura e nossa conversa hoje aqui foi para mostrar que não houve impacto nenhum nas empresas que fazem o abate de aves. Além disso, foi uma reunião para tratar de outros investimentos que unem Santa Catarina e o Japão”, destacou o governador Jorginho Mello.

Ontem, em Brasília, o governador apresentou ao Ministério da Agricultura e Pecuária o sistema sanitário de proteção animal e todos os protocolos seguidos para eliminação do foco identificado em aves de uma criação caseira, de fundo de quintal, em Maracajá (SC) no último sábado.

“Entregamos ao embaixador uma documentação que mostra todo o trabalho feito pelas nossas equipes da Cidasc e da secretaria de Agricultura com relação a gripe aviária. Além disso estamos pedindo, formalmente, a retomada das importações de carnes por parte do Japão. Temos uma grande parceria comercial e queremos expandir ainda mais as vendas”, reforçou o secretário da Agricultura, Valdir Colatto.

O embaixador do Japão, Hayashi Teiji, destacou a importância do estado catarinense e agradeceu a recepção e hospitalidade. Segundo Teiji, o objetivo dessa tipo de reunião é aumentar os lanços econômicos. O embaixador também pediu apoio na celeridade das obras da Agência Internacional de Cooperação do Japão (JICA), o Programa de Saneamento Ambiental de Santa Catarina.

Segundo Teiji, nos próximos dias uma equipe do governo japonês estará em Brasília discutindo as regras e as medidas adotadas pelo país com relação a importação de alimentos de origem animal.

“A ideia é buscar uma solução para não trazer impactos comerciais e nem financeiras ao estado catarinense. Estamos trabalhando para garantir a retomada do envio de carnes de aves para o Japão. Foi uma reunião bem produtiva onde tivemos a chance de tratar de outros temas importantes para o desenvolvimento de ambas nações”, disse o embaixador do Japão.

Estavam no encontro o secretário de Estado da Agricultura, Valdir Colatto, a presidente da Cidasc, Celles Regina de Matos, o secretário de Articulação Internacional, Juliano Froehner, o secretário Executivo de Aquicultura e Pesca, Thiago Frigo, o secretário de Estado do Planejamento, Edgar Usuy, o secretário de Estado da Proteção e Defesa Civil, Luiz Armando Schroeder Reis e o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, o presidente da Casan, Laudelino Bastos, e o secretário Executivo do Sindicarne, Jorge Luiz de Lima.

“É muito importante esse tipo de agenda internacional, ainda mais com o embaixador de um país como o Japão que tem fortes ligações comerciais e culturais com Santa Catarina. Temos uma agenda extensa com o embaixador com visitas e reuniões de trabalho”, acrescentou o secretário de Articulação Internacional, Juliano Froehner.