Contrariando a informação de que iria renunciar ao mandato, o presidente da República, Michel Temer (PMDB), acaba de afirmar em pronunciamento oficial que não irá renunciar em razão das denúncias feitas pelo empresário Joesley Batista, da JBS (Friboi) em delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Temer disse que a economia está melhorando e defende investigações rápidas e que sua possível renúncia não passa de boato. Leia mais: Presidente Michel Temer está pronto para renunciar, diz blogueiro Leia mais: Ministro Edson Fachin autoriza abertura de inquérito para investigar Michel Temer Leia mais: Cresce poder da ministra Cármen Lúcia: terceira na linha sucessória, ela tem a lista em suas mãos