Em palestras, Assistência Social destaca políticas públicas de Santa Catarina

divulgação/secom

Por: Pedro Leal

29/09/2023 - 11:09 - Atualizada em: 29/09/2023 - 11:31

Quem prestigiou o Congresso Catarinense dos Municípios, Associações e Consórcios de Santa Catarina (Comac/SC), em São José, nesta quinta-feira, 28, pode acompanhar palestras importantes sobre assuntos da área de Assistência Social entre elas as políticas públicas para pessoas em situação de rua, para a primeira infância e para as mulheres catarinenses.

O primeiro tema debatido foi o atendimento das pessoas em situação de rua. A gerente da Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família, Débora Barbosa, mostrou o aumento nos números ao longo dos últimos anos e as ações que Santa Catarina tem feito para esse público como a criação de um grupo de trabalho, elaboração de um protocolo de atendimento, fortalecimento do Serviço de Abordagem Social.

Outra palestra, ministrada pela mestre e Fundadora do Instituto Nossa História, Claudia Vidigal, apontou a importância do planejamento de políticas públicas voltadas à primeira infância e o impacto que eles têm na vida adulta da população, diminuindo inclusive a criminalidade e outros fatores negativos.

A secretária da SAS, Maria Helena Zimmermann, encerrou a programação da área social no Comac apresentando todas as políticas públicas voltadas às mulheres e destacando o trabalho do Governo do Estado para combater o assédio, a violência doméstica, garantir moradia para vítimas de violência e muitas outras ações como a busca pela implantação de Conselhos Municipais dos Direitos da Mulher em todos os municípios de Santa Catarina.

“Nós do Governo do Estado estamos fazendo nossa parte, mas em muitas coisas precisamos da parceria dos municípios e também de toda a sociedade para que possamos ter um estado cada vez melhor e que garante a dignidade e oportunidade para todos os seus cidadãos”, disse.