A primeira-dama Michelle Bolsonaro e a senadora eleita Damares Alves estarão em Florianópolis no próximo dia 24, na Igreja Mais de Cristo, no Bairro Capoeiras. O evento tem a coordenação da vice-governadora e deputada federal eleita Daniela Reinehr (PL).

A visita da primeira-dama a Santa Catarina faz parte da agenda de viagens pelo país que tem por objetivo visitar todas as capitais antes do segundo turno, em 30 de outubro. A “Caravana das Mulheres”, como é chamada, visa reduzir a rejeição que o presidente Jair Bolsonaro tem no eleitorado feminino, sustentando que ele foi o presidente que mais fez por mulheres na história do Brasil.

Michelle também quer reforçar o compromisso da campanha com os valores conservadores e cristãos – tanto ela quanto Damares têm influência no segmento evangélico. Outro ponto dessa presença mais forte da primeira-dama, ex-ministras, senadoras eleitas e lideranças locais pelo Brasil é a estratégia de ampliar a base de votação de Bolsonaro.

A campanha visa reduzir as abstenções, por acreditar que se não fossem os faltosos ele teria ao menos vencido o primeiro turno. A ideia é estimular líderes políticos a se engajarem na campanha, tanto que Michelle e Damares têm repetido na caravana que todos que participam dos encontros deveriam sair dali “multiplicando votos”.

Com alto índice de rejeição a Bolsonaro e com alta votação ao candidato petista, Luiz Inácio Lula da Silva, a região Nordeste foi o primeiro alvo da caravana. Ao longo de três dias, a primeira-dama percorreu 11 cidades de todos os estados nordestinos.

 

.