A exemplo de eleições passadas, este ano as entidades empresariais de Jaraguá do Sul também estão trabalhando para conscientizar os eleitores sobre a importância de votar em candidatos que representam a região nas eleições de 2 de outubro.

Com este objetivo, o Centro Empresarial (Cejas) desenvolveu a campanha "Vote em quem é de casa. Eleja quem você conhece da região", durante todo o mês de setembro, por meio de diversas plataformas de mídias, incluindo outdoors espalhados pelas cidades, para atingir todos os públicos.

Foto: Divulgação/Cejas

O Cejas envolve a Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs), a Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), a Associação das Pequenas Empresas do Vale do Itapocu (Apevi) e os Sindicatos das Indústrias do Vestuário, Fiação e Tecelagem; Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Elétricos; e de Alimentação. "Todos entendem como fundamental que Jaraguá do Sul e os municípios da região cada vez mais tenham retorno à altura de sua importância para o estado e o país", afirma a presidente da Acijs e do Cejas, Ana Clara Franzner Chiodini.

"Com esta iniciativa, estamos reforçando a importância de fortalecer a nossa representação política, dando preferência a candidatos que se identificam com a realidade regional, com as demandas locais e com melhores condições de mobilização na resposta em setores importantes para o desenvolvimento econômico e social dos municípios da região, como a infraestrutura, saúde e educação, entre outras", ressalta a presidente.

Presidente da Acijs e do Cejas, Ana Clara Chiodini | Foto: Arquivo OCP News

A campanha também busca motivar os eleitores para que participem do processo eleitoral. "Somente por meio do voto podemos qualificar a atividade política, um dever cívico e exercício de cidadania ao qual não podemos ficar isentos", destaca Ana Clara.

Junto com o incentivo ao voto regional, a campanha também tem como propósito orientar eleitores para a prevenção às notícias falsas (fakenews), e traz informações sobre o processo eleitoral, funções que competem aos candidatos ao Executivo (Presidência da República e Governo do Estado) e Legislativo (Assembleia, Câmara e Senado), através de um guia do voto consciente que pode ser acessado na página da Acijs na internet https://bit.ly/3RV5mLh.

"Precisamos de representantes estaduais e federais", defende Bayer

O vice-presidente regional da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Célio Bayer, afirma que é plenamente favorável ao voto regional. "Porque nós sabemos da importância de termos representantes, tanto na Assembleia Legislativa quanto na Câmara dos Deputados. Muitas vezes temos dificuldade de reivindicar o atendimento das demandas da nossa região pela falta de representação estadual e federal", diz.

"E aqui eu não falo só de emendas parlamentares, mas de projetos importantes, de logística, de desenvolvimento, etc. Então, acredito que a nossa região do Vale do Itapocu deve fazer um esforço grande para eleger candidatos que são daqui, porque se não tivermos ninguém nos representando a nível estadual e nível federal, não poderemos reclamar depois", destaca.

Vice-presidente regional da Fiesc, Célio Bayer | Foto: Eduardo Montecino/Arquivo OCP News

Justiça Eleitoral incentiva uso de "cola" na hora da votação

"Na hora de votar é preciso tomar muito cuidado para não se confundir", alerta o chefe de cartório da 17ª Zona Eleitoral de Jaraguá do Sul, Eduardo Arbigaus. "É por isso que a Justiça Eleitoral incentiva a eleitora e o eleitor a levar para a cabine de votação a chamada colinha eleitoral, com os números das candidatas e candidatos escolhidos", informa. O uso da cola no dia da eleição também torna mais rápida a digitação dos números na urna eletrônica e contribui para reduzir as filas de votação.

Arbigaus esclarece que o que não é permitido no dia eleição é a distribuição da colinha pelos candidatos ou seus correligionários, lembrando que a colinha deve ser em um pedaço de papel, pois o uso de celular é proibido na hora da votação. Não obedecer esta orientação é crime eleitoral.

Um folheto com espaço para preencher a identificação dos candidatos está disponível para impressão na página do TSE. O Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) oferece um arquivo pronto para impressão, na aba Eleições 2022. Basta fazer o download, imprimir, e anotar o número com os quais as candidatas e candidatos serão identificados na urna.

Confira a ordem de votação:

Nas eleições deste domingo, 2 de outubro, estão em disputa cinco cargos eletivos, que devem ser escolhidos nesta ordem:

- Deputada ou deputado federal (quatro dígitos)
- Deputada ou deputado estadual (cinco dígitos)
- Senadora ou senador (três dígitos)
- Governadora ou governador (dois dígitos)
- Presidente da República (dois dígitos).

Após digitar o número de cada um dos escolhidos no teclado e conferir a foto na tela da urna, a eleitora ou o eleitor vai precisar confirmar o voto. Caso digite algum número errado e a foto não corresponda ao escolhido, a pessoa pode apertar a tecla Corrige, digitar corretamente o número, conferir a foto e confirmar o voto.

Depois de confirmar o voto em alguma candidata ou candidato, não existe possibilidade de voltar atrás. Isso porque aquele voto já terá sido computado pela urna eletrônica. Quem tiver alguma dificuldade pode levar um acompanhante.

Arte: TRE/SC