O candidato a prefeito em Criciúma pelo PSTU, professor Ederson, teve sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral nesta quinta-feira (22) alegando falta de documentos.

O partido se manifestou afirmando que vai recorrer da decisão. No sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a candidatura consta como indeferida:

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp