O OCP encerra nesta edição a série especial de entrevistas com os candidatos da microrregião para a disputa à Câmara dos Deputados. Por ordem alfabética, o OCP publica hoje a última entrevista, com o candidato Leandro Schmöckel Gonçalves (Novo).

Natural de Jaraguá do Sul, Leandro Schmöckel, 36 anos, é empreendedor, formado em administração de empresas e especializado em auditoria e controladoria.

Nos últimos 15 anos, conciliou a gestão das empresas em que foi sócio ao associativismo voluntário, começando no Núcleo de Jovens Empreendedores Acijs/Apevi, em 2004.

Em 2007, foi convidado para fazer parte da diretoria da Associação de Micro e Pequenas Empresas e dos MEIs do Vale do Itapocu (Apevi), assumindo como presidente em 2015.

Depois de ter deixado a presidência da entidade, decidiu participar da política, filiando-se ao Novo após analisar com que partido se identificava.

Confira a entrevista:

Candidato, por que o senhor quer ser deputado federal? 

Porque é em Brasília que precisamos, primeiramente, fazer a renovação dos nossos representantes para conseguir aprovar as propostas necessárias que darão um país melhor para os brasileiros e as futuras gerações.

É no Congresso Nacional que se aprovam as leis que aumentam os tributos e burocratizam a vida de todos os brasileiros e é lá que precisamos de pessoas que entendam da dificuldade que temos nos municípios e no dia a dia do cidadão.

Essa falta de conexão dos parlamentares com a realidade do brasileiro tem trazido aumento de obrigações e perda de tempo, por exemplo, o número de documentos que um cidadão precisa ter no Brasil: carteira de identidade – o RG -, CPF, Carteira Nacional de Habilitação, Passaporte, Carteira de Trabalho, Carteira de Saúde, Cartão Cidadão, etc...

Ou colocamos pessoas que tenham em pauta a diminuição do Estado e desburocratização ou seremos um país de eternos voos de galinha.

Quais são suas principais bandeiras? 

O Leandro e o Novo tem pautas pró Brasil! O Brasil arrecada bem, porém, gasta mal, sem contar a corrupção. Por isso entendemos que precisa haver uma mudança urgente, a começar pelos políticos, cuja classe é dotada de regalias.

Iremos propor o fim dos privilégios de deputados e senadores e a extinção do foro privilegiado. Queremos a extinção do fundo partidário e fundo eleitoral, lembrando que esse ano será distribuído para os partidos aproximadamente R$ 2.7 bilhões, cujo valor o Partido Novo não fará uso.

Queremos a revisão do pacto federativo, para inverter a distribuição dos recursos deixando mais recursos nos municípios e Estados e menos em Brasília. Ações para desburocratizar a vida de empreendedores e cidadãos.

Acompanhar de perto o orçamento e fiscalizar as obras e o envio de recursos para duplicação da BR-280. Cobrar a regularização dos repasses aos nossos hospitais pelo SUS.

Candidato, o que o senhor pensa sobre fundo eleitoral?

Somos contra o Fundo Partidário, propomos a extinção. É um absurdo o financiamento público a partidos políticos

O que o senhor pensa sobre verba de gabinete?

Temos compromisso assinado de cortar no mínimo 50% da verba de Gabinete, mas queremos cortar mais!

O que pensa sobre número de assessores?

Temos compromisso assinado de utilizar apenas 12 dos 25 assessores possíveis, podemos até reduzir mais!

Qual a sua opinião sobre privatização?

As estatais se tornaram estratégicas para cabides de emprego e corrupção, somos a favor de privatizações.

O que pensa sobre reforma previdenciária?

É necessária, o presidente que assumir terá que realizá-la para ajustar as contas.

Candidato, o que o senhor pensa sobre descriminalização do aborto?

Sou a favor da vida como cristão, por isso somente nos casos já previsto em Lei.

O que tem a dizer sobre a descriminalização da maconha?

Contra, entretanto precisa ser estudado para os casos científicos e medicinais.

Qual a sua opinião sobre cotas?

São uma solução no momento, porém temos que resolver o porquê da criação das cotas para todos os casos.

Candidato, o que o senhor pensa sobre aumento de salário do Judiciário?

Nesse momento não é possível aumentar salário, todos os brasileiros estão se sacrificando e todos precisam colaborar.

Candidato, em quem vota para presidente?

João Amoêdo (Novo).

Em quem vota para governador?

Estou analisando os projetos ainda.

Quais são os seus votos para senador?

Estou analisando os projetos ainda.

Em quem vota para deputado estadual?

Analisando, porém decidido em votar nos candidatos do Vale do Itapocu.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?