A Embaixada e os Consulados dos Estados Unidos no Brasil divulgaram, na quarta-feira, 30 de outubro, os nomes dos 50 estudantes selecionados para participar do Programa Jovens Embaixadores 2020.

Em Santa Catarina, dois estudantes da rede pública foram selecionados: Gabriel Bones Silva, de Camboriú, e Kelvin Galvan Pasqualotto, de Cunha Porã.

Ambos são ativos em suas comunidades, ponto importante para participar do programa. Gabriel participa do Projeto Aprendendo com o Mar, que busca promover a consciência ambiental por meio de oficinas práticas, iniciativas interdisciplinares e inclusivas, que podem ser replicadas no cotidiano pessoal.

Preocupado com a inclusão, Kelvin atua no programa BilEnglish, que oferece aulas de inglês para crianças e jovens carentes, promovendo segurança e auto-estima e qualificando-os com as habilidades necessárias para a vida social.

Esse ano o programa comemora 18 anos e, ao atingir a maioridade, mudanças relevantes serão feitas nessa iniciativa de responsabilidade social.

Em 2020, o programa passará a ter um foco mais voltado para o desenvolvimento de habilidades para o ambiente em constante transformação do século XXI e oferecerá aos participantes ferramentas para solucionar problemas em suas comunidades por meio de ações criativas e inovadoras.

A viagem dos Jovens Embaixadores para os EUA será de 10 a 29 de janeiro de 2020. Durante essas três semanas, eles passarão pela capital dos EUA, Washington, D.C., viajarão para quatro cidades, onde serão hospedados por família voluntárias.

Além disso, os jovens participarão de atividades como oficinas sobre liderança e empreendedorismo, projetos de impacto social, reuniões com representantes do governo dos EUA, frequentarão escolas da região e farão apresentações sobre o Brasil.

Este ano a seleção contemplou pelo menos um representante de cada estado brasileiro e do Distrito Federal. O programa é patrocinado pela Embaixada e os Consulados dos Estados Unidos no Brasil, e conta com o apoio de parceiros públicos e privados.

Saiba mais sobre o programa Jovens Embaixadores

Foi criado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil em 2003. O programa conta com a parceria do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), das Secretarias Estaduais de Educação, da rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos e das empresas FedEx, MSD, IBM, Correios e SM Tour.

Além disso, conta também com o apoio institucional do Movimento Todos pela Educação, do Canal Futura e do Grupo +Unidos – fundo de investimento social colaborativo formado por empresas norte-americanas estabelecidas no Brasil.

Atualmente o Programa Jovens Embaixadores é implementado em todos os países do continente americano e conta, ainda, com um programa inverso para jovens norte-americanos representarem os EUA na América Latina. Desde sua criação, 622 jovens brasileiros já participaram do programa.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger