Foto Karolina Bonin
Foto Karolina Bonin

Em Blumenau, pessoas com autismo e ostomizados, que são os pacientes que utilizam uma bolsa coletora presa ao corpo para liberação de fezes e urina, já podem solicitar um documento de identificação que comprova o direito ao atendimento prioritário em estabelecimentos públicos, comerciais e bancários.

As leis que instituem as carteirinhas são de autoria do vereador Alexandre Matias (PSDB) e foram sancionadas nesta quarta-feira (12) pelo prefeito Mário Hildebrandt (sem partido).

“Com as carteirinhas, tanto os autistas quanto as pessoas ostomizadas, terão facilidade na identificação em todos os estabelecimentos da cidade, permitindo o atendimento prioritário sem nenhuma forma de constrangimento. A medida traz conforto, agilidade e inclusão a estes blumenauenses”, destaca Matias.

Os documentos serão expedidos por setores da Secretaria Municipal de Promoção da Saúde. Pessoas com autismo devem procurar o Serviço Multiprofissional de Atenção em Educação e Saúde (Sermaes), enquanto os pacientes ostomizados precisam fazer o pedido junto ao Serviço de Atenção à Saúde da Pessoa Ostomizada (Saspo), ambos situados na Policlínica Poeta Lindolf Bell.

Quer receber as notícias no WhatsApp?