As despesas de gabinete da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul subiram 56,6% em outubro em relação à setembro deste ano. Os gastos passaram de R$ 1,8 mil para mais de R$ 2,8 mil no mês passado. Já o total de gastos de janeiro a outubro de 2017, aproximadamente R$ 21,5 mil, é cerca de 43,7% inferior às despesas realizadas no mesmo período do ano passado – quando os vereados gastaram mais de R$ 38 mil. Em outubro deste ano, o aumento dos gastos em relação a setembro é devido, principalmente, às despesas com impressões e cópias, diárias e deslocamentos com o veículo da Câmara. Outubro também foi o segundo mês com mais gastos no ano, com R$ 2.847,45, depois de abril, quando as despesas foram de R$ 2.852,18. Contudo, nos meses de maio, junho e julho, cujos gastos somados foram de cerca de R$ 6 mil, as despesas com telefonia fixa não foram contabilizadas devido a um problema no computador que faz a tarifação das chamadas. Em setembro houve apenas um tipo de despesa relacionada a viagens e deslocamentos, de R$ 68 pelo uso do veículo da Câmara pelo gabinete do vereador Anderson Kassner (PP). Já no mês passado estes gastos aumentaram para pouco mais de R$ 544, sendo R$ 242 para os gabinetes de Arlindo Rincos (PSD) e Ronaldo de Souza (PSD), cada. Do restante, foram R$ 54 para o gabinete de Celestino Klinkoski (PP) e R$ 6,15 para a Presidência. Apenas um registro de diária Em relação às diárias, houve registro de despesa pelo gabinete de Arlindo Rincos, de R$ 210. O valor é correspondente ao pagamento de três diárias (R$ 70 cada), ao parlamentar e à chefia de gabinete, para viagem à Florianópolis. O vereador e a servidora participaram de audiência com o governador do Estado, Raimundo Colombo (PSD), para apresentar demandas na área de infraestrutura do município. No mês anterior, setembro, não foram realizadas despesas com diárias por parlamentares. Os últimos gastos registrados foram em agosto, de R$ 140, pelo gabinete de Pedro Garcia (PMDB). Presidente da Casa, Garcia foi à Florianópolis participar de audiência no Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE/SC), com representante da Diretoria de Municípios do órgão, para tratar de assuntos relacionados a questões administrativas, financeiras e jurídicas da Câmara. ---- LEIA MAIS: - Gastos de gabinete dos vereadores reduzem 27,4% em setembro em relação ao mês anterior em Jaraguá - Quer saber quanto cada vereador está gastando com verbas de gabinete em Jaraguá? Confira aqui - Diante de período de crise econômica, gastos de gabinete dos vereadores de Jaraguá caem pela metade - Descubra quem são os vereadores que mais gastam com verbas de gabinete em Jaraguá ---- Maiores gastos por gabinete No mês de outubro, os gabinetes com mais despesas foram de Arlindo Rincos (R$ 691,23) seguido por Pedro Garcia (R$ 283,74) e Marcelindo Gruner, do PTB (R$ 265,59). Já os gabinetes com menores gastos foram de Jackson Ávila, do PMDB (R$ 67,27), e dos pepistas Eugênio Juraszek (R$ 89,01) e Celestino Klinkoski (R$ 174,65). De janeiro até o mês passado, os gabinetes somaram cerca de R$ 21,5 mil de despesas. O número é cerca de 43,7% inferior aos gastos registrados de janeiro a outubro do ano passado. De janeiro até o mês passado, as despesas com telefonia fixa e móvel somaram R$ 8,2 mil, sendo R$ 7 mil com as ligações de celular. Já com as diárias, o total até outubro foi de R$ 1,9 mil. Em 2016, as despesas com diárias foram de R$ 4,4 mil no mesmo período. Já as com telefonia móvel, foram mais de R$ 21,1 mil no ano passado, até outubro, uma redução de quase 70%.