A Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou, nesta quarta-feira (20), última sessão ordinária do ano, o projeto de lei 476/2015, de autoria do deputado Manoel Mota (PMDB), em conjunto com o deputado Rodrigo Minotto, que libera a venda de cerveja em estádios, ginásios e demais praças desportivas do estado. O resultado final foi 20 votos a favor e 13 votos contra a comercialização. A lei depende apenas da assinatura do governador para começar a valer para o próximo campeonato catarinense. A venda de bebidas alcoólicas, de acordo com a lei aprovada, deve seguir algumas regras, como: permissão desde a abertura dos portões para o acesso do público ao estádio até o final da partida; proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas; comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos descartáveis; vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida. Além disso, a proposta recebeu emenda que garante que até 20% da cerveja comercializada nos estádios será de origem artesanal.