Foto Câmara dos Deputados
Foto Câmara dos Deputados

O deputado federal Pedro Uczai, do PT, foi o único dos 16 catarinenses que não votou a favor da reforma da Previdência na noite de quarta (10), realizada na Câmara.

 “A reforma vai aumentar a desigualdade social, a exclusão Previdenciária; os brasileiros vão trabalhar mais, contribuir mais e, na base de cálculo, receber menos”, afirmou o deputado.

Pedro Uczai ainda pontou que "os problemas financeiros serão resolvidos com a geração de política econômica, de emprego com carteiras assinadas".

Dos deputados presentes na votação, 379 votaram a favor da proposta, e outros 131 votaram contra. Apenas três deputados não se posicionaram.

O placar superou com folga os 308 votos necessários para aprovar a proposta.

Para concluir a votação, os parlamentares ainda precisam analisar emendas e destaques apresentados pelos partidos para tentar alterar pontos específicos da proposta.

 

 

Caso seja aprovado em segundo turno, o texto da PEC seguirá para apreciação do Senado, que deve se debruçar sobre o tema a partir de agosto.

O texto deve passar pela Comissão e Justiça (CCJ) antes de seguir para o plenário, onde também devem ocorrer dois turnos de votação.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger