Na sessão desta quinta-feira (4), o deputado estadual Fernando Krelling pediu o fim da guerra ideológica em meio à pandemia de Covid-19.

De acordo com o parlamentar, não é momento de politizar a discussão, transformando-a em um embate entre direita e esquerda.

"Nós estamos numa crise sanitária mundial. Quem tem a resposta? Quem tem a resposta para tudo? 'O lockdown não tem jeito, porque vai matar os comércios e CNPJs.' Concordo. Mas, também, da forma que está, gente, está terrível", disse Krelling.

Para o deputado, a solução definitiva para o problema é a vacinação em massa. "Agora a Assembleia destinou R$ 20 milhões ao Governo do Estado. O que nós todos temos que fazer é [garantir] que esses R$ 20 milhões sejam aplicados na compra de vacinas", afirmou.

Em seu discurso, o parlamentar reforçou que é preciso salvar o comércio e que é contra o lockdown, mas pediu conscientização da população e união dos líderes, para que eles passem falar a mesma língua.

Krelling disse, ainda, que todos têm os mesmos objetivos: salvar vidas e a economia. "Eu seria a favor [do lockdown] se os governos conseguissem subsidiar as pessoas em casa, sem pagar impostos e recebendo em dia, coisa que o Brasil nunca vai conseguir fazer".

No entanto, ele destacou que já viu muitas pessoas que não trataram a questão com a devida seriedade, e dias depois estavam com um familiar intubado. "Temos que ter agilidade, celeridade nos processos e conscientização", frisou.