Foram seis meses de tratamento intenso, mas que deu resultado. O deputado federal Marco Tebaldi (PSDB) conseguiu dar a volta por cima e superar o câncer de pâncreas, diagnosticado em agosto do ano passado. Nesta semana, o político recebeu com muita comemoração a notícia de que não há mais o registro de nenhum tumor em seu organismo. Com isso, a agenda do deputado, pré-candidato à reeleição, está bastante acelerada. “Em nossas vidas, os momentos de dificuldades servem para evoluirmos como cidadãos e filhos de Deus. Por isso, quero agradecer a Deus, aos meus amigos e familiares pela graça da cura e pelo apoio para vencer esta que foi a mais difícil batalha de minha vida”, disse o deputado. Ele completa: “vou retribuir as mensagens e orações com muito trabalho na luta pela melhoria da qualidade de vida das nossas famílias”. Marco Tebaldi havia sido diagnosticado com câncer em agosto de 2017. Exames mostram que um tumor havia se desenvolvido na região do colo do pâncreas. Ainda no dia 23 daquele mês, o ele passou por uma séria cirurgia para a retirada do tumor, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e iniciou os procedimentos de quimioterapia. O deputado chegou a ficar afastado do Congresso por recomendação médica e retornou a função em novembro. Agora, na fase final do tratamento, o político segue fazendo as últimas sessões de quimioterapia, de forma preventiva, até o dia 15 de março. Trabalho em ritmo acelerado Nos últimos dias Marco Tebaldi recepcionou prefeitos catarinenses em Brasilia. Eles se encontraram com o presidente Michel Temer (MDB). Nesta sexta e sábado (3), Tebaldi cumpre agenda nos municípios do planalto Norte. No próximo fim de semana ele estará na região de Joaçaba e no outro na região da serra. Todas as segundas-feiras o político destina as atividades em Joinville. Já nas terças, quartas e quintas ele cumpre agenda no Congresso Nacional. Recentemente a equipe de gabinete de Marco Tebaldi divulgou um balanço dos sete anos do político na Câmara dos Deputados. Os números mostram que neste período o parlamentar conseguiu trazer mais de R$ 172 milhões a Santa Catarina, por meio emenda individual, emenda da bancada e ações junto aos ministérios. Leia mais: Tebaldi retoma trabalho na Câmara nesta terça-feira