Luiz Felipe Ferreira, na CPI | Foto Agência AL
Luiz Felipe Ferreira, na CPI | Foto Agência AL

O governo Carlos Moisés sofreu mais uma baixa. Na noite desta segunda-feira (29), Luiz Felipe Ferreira entregou uma carta ao governador pedindo exoneração do cargo de Controlador-Geral do Estado.

Luiz Felipe Ferreira estava no cargo desde a transição do governo, em 2018, e era apontado como um dos principais assessores de Moisés, em função do seu papel na administração estadual.

No entanto, após o vazamento das informações sobre a compra de 200 respiradores, pagos antecipadamente ao valor de R$ 33 milhões, sem que os equipamentos tivessem chegado ao estado, seu desempenho passou a ser criticado.

Na semana passa ele prestou depoimento na CPI dos Respiradores, na Alesc, e não esclareceu as dúvidas dos deputados. Tanto que foi encaminhado ao governo o pedido de afastamento da função.

O governo do estado ainda não anunciou o nome do seu substituto.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp