A construção do Parque de Inovação em Jaraguá do Sul segue para a próxima etapa. Nesta semana, a Prefeitura está encaminhando um projeto de lei para a Câmara de Vereadores para aprovar a transferência de R$ 2,2 milhões para a Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer e então licitar a segunda fase do projeto.

 

 

A secretária da pasta Natália Petry informa que a primeira etapa do parque já está sendo concluída. “O que já existe ou está sendo finalizado: as lagoas, o bosque, oito choupanas, sanitários, campo de futebol, pergolado e redário”, lista a secretária.

Já na segunda fase, a maioria dos recursos será investido na pavimentação dos acessos e das bases para a implantação de quadras e academias ao ar livre, que estão previstas na terceira e última etapa de construção.

Lago, que terá deck contemplativo, é uma das principais atrações do parque | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Com a transferência dos recursos, a Secretaria vai licitar a pavimentação de ruas, entre elas a via em que será instalada a Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente (Fujama) – que vai mudar de endereço -, a pavimentação do estacionamento e ciclovia, o piso em concreto das áreas de convivência e lazer, esportiva, do viveiro e das calçadas.

Também serão executadas a trilha, drenagem das águas pluviais e a sinalização viária, acrescenta Natália.

O parque será concluído na terceira e última etapa, que vai contemplar o restante dos equipamentos: a guarita e sanitários, playground, roda d’água, academia ao ar livre, basquete street, ponte, bosque, quadras esportivas, teatro ao ar livre, viveiro florestal, casa de apoio horto florestal, mobiliário urbano, orquidário, quadra de areia e bancos cobertos.

Natália informa que o projeto executivo da terceira etapa está em finalização. Além do Parque de Inovação, a Secretaria trabalha também na segunda fase do Parque Via Verde, que está na etapa de aprovação do projeto executivo.

A secretária pontua que a intenção do prefeito Antídio Lunelli (MDB) é que as duas novas grandes áreas de lazer da cidade – além da conclusão de outras áreas no entorno da Arena Jaraguá - sejam entregues até julho do próximo ano.

“Ou até o fim da sua gestão, o que está dentro ainda do compromisso assumido se entregar até o fim do ano que vem, mas o quanto antes nós conseguirmos entregar ganha a população”, ressalta Natália.

Vandalismo preocupa

Mesmo em obras, já dá para sentir como o futuro parque deverá ficar depois de concluído. Porém, apesar do ambiente tranquilo, cercado de natureza, o vandalismo preocupa.

A arquiteta responsável pela obra Cristina Voltolini conta que há cerca de dois meses que o local tem sofrido furtos. Equipamentos como furadeira e outros necessários para a obra foram levados da obra.

“Já foi furtado equipamento como furadeira, rompedor, que a gente tinha aqui no contêiner, foi arrombado o contêiner e roubado”, relata a arquiteta.

Também os equipamentos que estão sendo construídos têm sido depredados, como as choupanas e chaminés. Em uma das estruturas tem até marcas de fogo. Cristina conta que já foi feito o boletim de ocorrência e solicitado reforço policial no local.

“É uma pena porque isso aqui é uma obra pública para eles mesmos, para toda população, e o que foi feito e danificado vai ter que ser feito de novo”, diz a arquiteta.

A secretária Natália Petry informa que a Prefeitura está finalizando o contrato para o serviço de vigilância. Quando concluído, o local terá vigias no período de 12 horas durante os dias da semana, e 24 horas nos fins de semana.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger