Além de professor, Fernando Alflen também atuou como diretor de escola e hoje se especializa em Administração Pública | Foto Eduardo Montecino/OCP News
Além de professor, Fernando Alflen também atuou como diretor de escola e hoje se especializa em Administração Pública | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Com quase 15 anos de experiência em ensino, o professor Fernando Alflen é o novo gerente de Educação da Regional de Jaraguá do Sul. Com a publicação em Diário Oficial da portaria com a sua nomeação, na última quinta-feira (7), Alflen já está respondendo pelo comando da Gered.

Natural de Jaraguá do Sul, a carreira do novo gerente começou em 2005, na rede municipal, como professor de matemática.

Alflen passou por diversas escolas do município e também da região, tanto na rede municipal como estadual e privada, assim como por diferentes setores do ensino, como coordenação e direção.

De 2015 a 2016, ele assumiu a direção da escola Antônio Estanislau Ayroso e se interessou pela área de gestão, investindo na especialização. Agora, o gerente termina a formação em pedagogia com gestão escolar e em dois anos e meio conclui a graduação em administração pública.

Com base no currículo do jaraguaense e em seus propósitos em relação à educação, e depois de passar por um processo de entrevistas, Alflen recebeu o convite do secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, para o comando da gerência regional, após a exoneração do ex-gerente Gleison Collares.

Já no cargo, o gerente conta que sua chegada foi tranquila, por trabalhar na área da Educação e por ter passado por vários setores do ensino.

“Foi bem tranquilo, já conheço também o Estado, sou efetivo da rede estadual. Agora, claro, é outra visão em relação à gerência”, ele conta.

Tendo passado o contratempo no governo com a mudança no comando da gerência, Alflen agora trabalha para resolver as situações mais imediatas, relativas a início de ano letivo, como estrutura das salas de aula e situação dos professores.

Na próxima quinta-feira (14), o gerente se reúne com o secretário estadual para alinhar as propostas e metas para o ano. Entre as questões que terá à frente está a situação da escola estadual em construção no bairro Tifa Martins – cujas obras estão paralisadas -, e o futuro do Cedup (Centro de Educação Profissional), de Guaramirim.

“Antes tem que organizar primeiro a casa, para depois quando fazer a reunião com o secretário a gente conversar qual vai ser a proposta principal para esse ano”, ressalta o gerente.

Ele adianta, no entanto, que tem como propósito trabalhar principalmente o ensino profissionalizante na região.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?