O complexo multimodal de Guaramirim deve ser incluído nos convênios do Plano 1000 do Governo do Estado. A obra é planejada pelo prefeito de Guaramirim Luís Antônio Chiodini (PP) e seu secretariado ligado à área de desenvolvimento e administração, na área localizada entre Guaramirim e Joinville, na região do Poço Grande.

Segundo o secretário de Administração e Finanças do Município, Jiuvani Assis Assing, a documentação da parte guaramirense do complexo já foi encaminhada ao governo do Estado. A Prefeitura aguarda a confirmação do convênio, para que possa dar início à licitação das obras.

O valor total da obra, nos dois municípios, é estimado em R$ 78 milhões. Guaramirim espera firmar um convênio no valor de R$ 60 milhões para custear a sua parte do complexo e aguarda tramitação interna da seção joinvilense da obra.

O projeto contará com uma nova ligação entre os dois municípios, oferecendo toda a estrutura para que grandes empresas se instalem na região.

O complexo contará com um aeroporto de cargas, um aeródromo, condomínio industrial, além de toda a infraestrutura viária para o transporte de cargas, que poderá ser feito via terrestre, aérea e até ferroviária.

De acordo com o projeto aprovado no Legislativo de Guaramirim, um pacote de benefícios fiscais está servirá para atrair empresas ao Complexo Multimodal, como:

  • 20 anos de isenção do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano);
  • 5 anos de isenção da taxa de localização;
  • 5 anos de isenção da taxa de alvará sanitário;
  • Isenção do ISS (Imposto Sobre Serviços) da construção do empreendimento;
  • Isenção da taxa de licença para construção.

Mais sobre o projeto:

- O projeto chamado Complexo Municipal Multimodal de Santa Catarina fará a interligação com eixo Sul de Joinville, que permitirá mais um acesso à BR-101, viabilizando serviços logísticos para região e projetando uma via de acesso ao bairro João Pessoa (em Joinville), permitindo ligação da SC-108 com a BR-280 e a BR-101.

- A área de ocupação com esse perímetro chegará em aproximadamente 45 milhões de m², tonando-se o maior Complexo Multimodal do estado.

-Sua localização com relação as áreas portuárias do estado ficam em média de 70 quilômetros do porto de Itapoá, São Francisco do Sul e Itajaí.

- Com relação à referência aeroportuária, possui vocação geográfica e a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) já homologou um aeródromo privado, por sua localização e predominância de vento.

- A localização do complexo também é servida pela linha férrea, permitindo assim a instalação de porto seco e aeroporto de cargas nesse zoneamento.