A Comissão de Finanças da Câmara de Vereadores de Joinville pedirá ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC) uma auditoria nas obras de macrodrenagem do rio Mathias. O pedido foi aprovado nesta quarta-feira (14) em reunião ordinária da comissão.

“Estamos falando de dinheiro público que está sendo mal utilizado e destinado a uma obra que já ultrapassou o seu prazo inicial de entrega, além de não ter ainda definido um prazo de conclusão", opinou o vereador Ninfo König (PSB), presidente da comissão, por meio de sua assessoria.

O vereador do PSB faz parte de um grupo de parlamentares que pede a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara sobre o assunto. Eles ainda não conseguiram, no entanto, a sétima assinatura necessária.

A demora nas obras do rio Mathias já é objeto de ação do Ministério Público Federal (MPF), que pede a rescisão dos contratos e nova licitação para as obras. Na última terça-feira (13), a Justiça Federal realizou audiência, para tentar acordo entre a Prefeitura de Joinville e o MPF.

Não houve acordo entre as partes. Dezembro de 2020 foi informado como novo prazo para conclusão das obras, cuja assinatura dos contratos ocorreu em 2014.

Com informações da divisão de Jornalismo da CVJ.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger