A Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa aprovou a realização de um debate sobre o equilíbrio financeiro do sistema de transporte metropolitano de Florianópolis. O requerimento para a realização do evento partiu do deputado Marcos Vieira (PSDB), que preside o colegiado.

“A maioria dessas empresas, em função do período de pandemia, sofreu bastante, ficando praticamente dois anos e meio parada, com grande prejuízo financeiro. Muitas entraram em recuperação judicial. Este debate é justamente para tentarmos resolver ou iniciarmos a resolução desse problema”, argumentou Marcos Vieira.

O deputado Mário Motta (PSD) afirmou que o debate tem amplo interesse social, tendo em vista que o mesmo problema tem sido relatado em diversos municípios catarinenses.

“Este é um problema que se arrasta há muito tempo aqui na região metropolitana de Florianópolis e em outras cidades. E quem sabe consigamos encontrar situações que possam de alguma forma encaminhar para soluções do problema daqui e que depois possam ser aplicadas em outros municípios grandes que tenham os seus sistemas municipais também na mesma circunstância”, disse Mário Motta.

O deputado Fernando Krelling (MDB) acrescentou que a reunião também será uma oportunidade propícia para se tratar da regularização das empresas de ferry boats envolvidas no transporte hidroviário, fluvial, lacustre ou marítimo no estado. Conforme disse, muitas delas não possuem a concessão do serviço, operando apenas mediante autorização das prefeituras.

O debate, que deverá contar com representantes da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc), da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, e do Tribunal de Contas do Estado, acontece nesta quinta-feira (8), às 13h30, na Assembleia Legislativa.