Acompanhado da esposa, Cristiane, dos três filhos, de pais, irmãos e de colegas bombeiros, Daciolo evitou falar sobre os possíveis cenários do segundo turno.

O candidato chegou ao local, com a Bíblia nas mãos. Segundo sua esposa, Daciolo ajudou uma cadeirante no deslocamento até a urna.

A expectativa é de que ele acompanhe a apuração junto com amigos. O local ainda não foi definido, mas, segundo a esposa, deverá ser em um dos montes, onde costuma fazer orações e louvores.

 

* As informações são da Agência Brasil.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?