Junckes diz que não deixa o
PT: “Não vou sair pela janela” (Foto: Eduardo Montecino/ARQUIVO OCP)
Junckes diz que não deixa o PT: “Não vou sair pela janela” (Foto: Eduardo Montecino/ARQUIVO OCP)
Durante a janela para troca partidária, o Partido dos Trabalhadores (PT) perdeu cinco dos seis vereadores eleitos na microrregião. Para a maioria dos parlamentares, a pressão dos movimentos nacionais contrários ao governo petista colaborou para a debandada, que começou com a desfiliação de João Fiamoncini (PSD) em Jaraguá do Sul. O vereador da legenda em Guaramirim, Evaldo Junckes, foi o único que se manteve na sigla.
Apenas Aurino Wudke, em Schroeder, ainda não definiu o novo partido, mas sinalizou interesse no PR. O PMDB recebeu duas dessas lideranças: Manoel Burgardt, em Schroeder, e José Gottardi, em Corupá. Fiamoncini, de Jaraguá do Sul, assinou ficha de filiação no PSD ainda em fevereiro. Giovanni Tonet, de Massaranduba, migrou para o PDT.
Segundo Wudke, a decisão para a mudança teve forte influência da base de eleitores. “O cenário nacional não ajudaria a concorrer em uma próxima eleição com o PT”, disse.
Companheiro de bancada em Schroeder, Burgardt justifica a troca pela falta de entendimento com o diretório municipal do PT. “Era um problema interno, não tinha como fazer discussão e o PMDB vinha conversando comigo há algum tempo”, declarou.
Números disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral mostram que o partido perdeu 47 filiados nas cinco cidades entre fevereiro de 2015 e o mesmo mês deste ano. Em Santa Catarina, houve crescimento com 674 novas filiações. No país há uma queda, foram menos 1.576 militantes no período.
“Entrei pelo PT pela porta da frente e, se for sair, vai ser pela porta da frente. Acho feio alguém deixar a ‘casa’ de alguém pela janela. Não vou sair pela janela. Sou o último sobrevivente e acredito que posso aflorar uma grande candidatura a deputado estadual”, afirma Evaldo Junckes.
 
Filiados do PT na microrregião
(Fev. 2015/ fev. 2016)
• JARAGUÁ DO SUL: 875 para 854
• GUARAMIRIM: 229 para 216
• SCHROEDER: 119 para 122
• MASSARANDUBA: 225 para 217
• CORUPÁ: 86 para 78
Fonte: TSE