O Novo Ensino Médio começa a entrar na rotina dos estudantes do Vale do Itapocu. A partir de 2020, cinco escolas da região colocarão o novo método em prática e, para que o desafio seja superado, as instituições realizam um preparo especial. A meta do governo estadual é que até 2022, todas as 29 escolas da região já tenham implantado o novo método.

O gerente de Educação da Regional de Jaraguá do Sul Fernando Alflen, afirma que o modelo atual deu certo até agora, mas é possível perceber que a geração futura precisa de algo mais, como trabalhar com o socioemocional e com a prática do aluno.

"Hoje temos um currículo escolar que é praticamente 70% teórico, mas o Governo do Estado quer 75% de prática e 25% de teoria, porque quando a gente aprende pela prática, não esquece tão fácil", destaca.

Alflen afirma que a mudança consiste em ampliar o tempo mínimo do estudante na escola de 800 horas para mil horas aula por ano. Além de definir uma organização com currículo mais flexível, com oferta de possibilidades de escolhas aos estudantes com os itinerários formativos.

Alflen explica mudanças que vão ocorrer com o novo método | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Esses itinerários são um conjunto de disciplinas, projetos, oficinas, núcleos de estudo, entre outras situações do trabalho, que buscam fazer o aluno se aprofundar nos conhecimentos de uma área - matemática, linguagem, ciências da natureza, ciências humanas e sociais.

"Esse método procura preparar o aluno para a vida - não uma caminhada depois de acabar o ensino médio, mas sim agora", afirma.

Preparação das escolas

Após reunião entre gestores das escolas estaduais e o Governo de Santa Catarina que aconteceu na semana passada, membros das cinco escolas que trabalharão com o novo método foram até Balneário Camboriú para participar de uma capacitação.

Gilmara Hanemann Gorges, diretora da escola Holando Marcelindo Gonçalves - Homago, afirma que no momento, está sendo preparado um questionário para apresentar aos alunos do 9º ano das escolas da região. "Precisamos saber qual é a demanda da comunidade". A Homago está entre as cinco escolas estaduais da região que iniciarão a implantação do Novo Ensino Médio no próximo ano.

Cada unidade precisa trabalhar com dois itinerários formativos. De acordo com Gilmara, eles vão adotar as duas áreas mais interessantes para a comunidade a qual a escola está inserida e depois vão passar o segundo semestre construindo esses itinerários.

"Temos que pensar em uma maneira de atrair esses adolescentes para a grade da escola", destaca.

Gilmara afirma que será um grande desafio para os professores, que terão que se reinventar na maneira de ensinar os alunos. Porém, ela acredita que isso pode ser bom para a caminhada profissional e pessoal de todos.

"É um desafio novo e por isso vai trazer mudanças, mas toda mudança traz formação. Eu acredito que é o momento de buscarmos mais conhecimento e inovação para, assim, atender ainda melhor a nossa comunidade", percebe.

Escolas com o Novo Ensino Médio em 2020

Corupá: E.E.B. Teresa Ramos
Guaramirim: E.E.B. Lauro Zimmermann
Jaraguá do Sul: E.E.B José Duarte Magalhães, E.E.M Lino Floriani e E.E.B Holando Marcelindo Gonçalves.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger