Cerca de 200 cidades de Santa Catarina já confirmaram participação no consórcio da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) para compra de mais de 3,1 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19.

O prazo final para as prefeituras se manifestarem termina na tarde desta sexta (5). Até o momento, 204 municípios fazem parte da proposta.

A aquisição da Fecam está fundamentada na decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que liberou a compra por estados e municípios.

A negociação com a distribuidora do imunizante deve acontecer na próxima semana. O Instituto Gamaleya, que desenvolve a vacina, terá 72 horas para analisar a proposta. Caso aceite a parceria, as doses devem ser entregues em cerca de 20 dias, no aeroporto de Florianópolis.

A vacina Sputnik V tem 91% de eficácia e é aplicada em duas doses distintas. O governo Federal também negocia a compra de dez milhões de doses da vacina.

O pagamento do imunizante só será efetuado após a chegada e a conferência da vigilância epidemiológica.

A intenção da Fecam é pagar U$ 9,75 por dose. O valor que vem sendo oferecido pelo governo federal é de U$ 11,30 por dose.

 

Com informações do ND+