Após mais de um mês de recesso, os vereadores da região retomam as votações do Legislativo a partir da próxima semana na mircorregião. Massaranduba e Corupá têm sessão ordinária na segunda-feira (1º), seguidas por Jaraguá do Sul e Guaramirim que voltam à pauta semanal na terça-feira (2). A Câmara de Schroeder é a última a retomar o trabalho em plenário, com sessão marcada para o dia 8. Sem ter recebido ainda novos projetos do Executivo, o presidente da Câmara de Jaraguá do Sul, José Osório de Ávila (SDD), afirmou que os vereadores se debruçam para destrinchar a nova lei de macrozoneamento. “A classe empresarial das imobiliárias e nós estamos discutindo com a Prefeitura alguns pontos que não concordamos, é a única coisa que temos no ar”, comentou. O vereador João Fiamoncini (PT) disse que a proposta para acabar com o recesso da Casa no mês de julho está pronto e também deve entrar em debate na primeira semana. Contabilizando duas rejeições na legislatura atual, a proposta promete ser aprovada por contar com a assinatura de seis dos 11 parlamentares. Em Guaramirim, o presidente Evaldo João Junckes (PT) espera o encaminhamento de projetos da administração municipal na segunda-feira para montar a pauta. Com ano eleitoral pela frente, ele destaca que os vereadores devem encampar a articulação para garantir recursos e o trabalho de fiscalizadores para que os projetos sejam efetivados. Massaranduba retoma as atividades legislativas com assuntos pendentes. Os vereadores precisam colocar em votação um projeto de regulamentação das funerárias, uma autorização para o município receber a doação de lixeiras e ainda avaliar o veto do prefeito Mário Fernando Reinke (PSDB) que apontou inconstitucionalidade no projeto que torna obrigatória a digitação de receitas na rede municipal.