A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (2) o relatório da Comissão de Constituição e Justiça, de autoria do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB/MG), que recomendava a rejeição da denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer por crime de corrupção passiva.
 
Segundo a Câmara, 492 deputados votaram – 263 a favor do relatório, 227 contra e duas abstenções. Ao todo, 19 deputados não registraram presença na sessão, do total de 513 que compõem a Câmara. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não votou.
 
Com o resultado, a Câmara não aprova a admissibilidade para que o Supremo Tribunal Federal (STF) investigue Temer. Se instalado, provocaria o afastamento do presidente por até 180 dias. Temer responderá no STF somente após a conclusão do mandato, em 31 de dezembro de 2018. O procurador-geral Rodrigo Janot deverá apresentar outra denúncia contra Temer, por obstrução de justiça e organização criminosa.
 
No inquérito, Temer era acusado de ter recebido por intermédio do ex-assessor Rodrigo Rocha Loures, propina de R$ 500 mil de executivos da JBS. O presidente sempre negou envolvimento no caso. Essa foi a primeira vez na história do País que um presidente foi acusado de um crime comum, neste caso corrupção passiva, no exercício do mandato.
 
Após a conclusão da votação, Temer fez um pronunciamento ressaltando que o apoio a ele superou a “maioria absoluta na Câmara dos deputados”.
 
Como os deputados federais de SC votaram
Dos 16 deputados federais catarinenses, nove votaram a favor do relatório que recomenda o arquivamento da denúncia. Confira como cada deputado votou:
 
Contra o prosseguimento da denúncia
Celso Maldaner (PMDB)
Cesar Souza (PSD)
João Paulo Kleinubing (PSD)
João Rodrigues (PSD)
Marco Tebaldi (PSDB)
Mauro Mariani (PMDB)
Rogério Peninha Mendonça (PMDB)
Ronaldo Benedet (PMDB)
Valdir Colatto (PMDB)
 
Pelo prosseguimento da denúncia
Carmen Zanotto (PPS)
Décio Lima (PT)
Esperidião Amin (PP)
Geovania de Sá (PSDB)
Jorge Boeira (PP)
Jorginho Mello (PR)
Pedro Uczai (PT)
--