A série coreana Round 6, da Netflix, segue repercutindo e agora foi a vez do Legislativo de Içara, no Sul do Estado, entrar em ação.

O vereador Edson Freitas (MDB) pede a retirada da série do catálogo do streaming como ainda requereu ao Executivo que interceda, junto ao órgão competente do Município, o envio de documento com orientações às direções e coordenações das escolas municipais a respeito da série, “em virtude do impacto negativo causado nas crianças e adolescentes em idade escolar”.

Confira a íntegra

"Indica à Chefe do Poder Executivo o envio de documento com orientações as Direções e Coordenações das Escolas Municipais a respeito da série, ‘Round 6’, série coreana, em virtude do impacto negativo causado nas crianças e adolescentes em idade escolar.

EDSON FREITAS, vereador da bancada do MDB, na forma do art. 130 e seguintes do Regimento Interno, indica a Excelentíssima Senhora Prefeita que interceda junto ao órgão competente do Município o envio de documento com orientações as Direções e Coordenações das Escolas Municipais a respeito da série, ‘Round 6’, série coreana, em virtude do impacto negativo causado nas crianças e adolescentes em idade escolar.

JUSTIFICATIVA

No mês de setembro deste ano foi lançada na Netflix a série ‘Round 6’, série coreana, com classificação etária de 16 anos, que está batendo os ‘records’ de audiência, inclusive nas redes sociais. O conteúdo da série contém violência explícita, tortura psicológica, suicídio, tráfico de órgãos e cenas de sexo, utiliza-se de brincadeiras simples de criança como: ‘Batatinha frita 1,2,3’, ‘Cabo de guerra’, ‘Bolas de gude’ para assassinar a ‘sangue frio’ as pessoas que não atingem o objetivo final.

Como legislador a preocupação com esse tipo de série violenta que mistura brincadeira de crianças com crimes bárbaros, além da facilidade com que as crianças acessam esse material, é o impacto que este pode ter sobre a saúde mental de crianças e adolescentes, especialmente daqueles que já se encontram, por algum motivo, fragilizados.

Içara, 15 de outubro de 2021.

Ver. EDSON FREITAS – MDB".


Aprovação

O documento foi protocolado no último dia 18. No dia 20, o presidente da Câmara de Vereadores, Itamar Oloyde da Silva, requereu o pedido à Netflix para a retirada da série do catálogo, após o requerimento ser aprovado por unanimidade.

Confira

"Içara, 20 de outubro de 2021.

A Empresa Netflix

Assunto: Retirada do seu catálogo da série coreana “Round 6”.

Prezado(a) Senhor(a),

A Câmara Municipal de Içara, no uso de suas atribuições legais, em atenção ao Requerimento N.º 264/2021 de autoria do Vereador Edson Freitas do MDB, aprovado por unanimidade na sessão ordinária do dia 18 de outubro do corrente, requer o seguinte:

Enviar expediente a Netflix solicitando a retirada do seu catálogo a série coreana, ‘Round 6’.

No mês de setembro deste ano foi lançada na Netflix a série ‘Round 6’, série coreana, com classificação etária de 16 anos, que está batendo os ‘records’ de audiência, inclusive nas redes sociais. O conteúdo da série contém violência explícita, tortura psicológica, suicídio, tráfico de órgãos e cenas de sexo, utiliza-se de brincadeiras simples de criança como: ‘Batatinha frita 1,2,3’, ‘Cabo de guerra’, ‘Bolas de gude’ para assassinar a ‘sangue frio’ as pessoas que não atingem o objetivo final.

Como legislador a preocupação com esse tipo de série violenta que mistura brincadeira de crianças com crimes bárbaros, além da facilidade com que as crianças acessam esse material, é o impacto que este pode ter sobre a saúde mental de crianças e adolescentes, especialmente daqueles que já se encontram, por algum motivo, fragilizados.

Atenciosamente,

Ver. ITAMAR OLOYDE DA SILVA

Presidente".