A Câmara Municipal de Criciúma passa a medir, a partir desta segunda-feira (11/5), a temperatura corporal de cada pessoa que precisar entrar na sede do Poder Legislativo. Essa medida de proteção é apenas uma das que o Legislativo estabeleceu para evitar a propagação do coronavírus. Além disso, as sessões ordinárias que retornam ao modo presencial também seguirão as recomendações de distanciamento social.

"Os funcionários continuam em sistema de rodízio. Além disso, estamos atendendo todos os protocolos da Organização Mundial da Saúde. Durante as sessões, as mesas ficarão demarcadas com faixa amarela, respeitando o distanciamento de cada vereador, assim como a disponibilização de álcool em gel para vereadores e servidores da Casa. O uso de máscaras também é obrigatório dentro das dependências do Poder Legislativo", ressaltou o presidente da Câmara Municipal de Criciúma, Tita Belloli.

Ao longo das sessões e quando necessário, os microfones do plenário serão higienizados, para que cada vereador possa utilizar o equipamento com segurança. As sessões ordinárias presencias são realizadas às segundas e terças-feiras, às 17 horas, sendo que os vereadores que são do chamado grupo de risco seguem acompanhando de forma remota. As galerias do plenário vão permanecer fechadas aos visitantes.-