Tamanini e o vice Finta concorreram em chapa pura do MDB | Foto: Divulgação
Tamanini e o vice Finta concorreram em chapa pura do MDB | Foto: Divulgação

Com 52,96% (4.754) dos votos, o ex-prefeito Luiz Carlos Tamanini (MDB) foi eleito para seu quinto mandato na Prefeitura de Corupá. Tamanini assume ao lado do vice-prefeito na chapa Cláudio Finta (MDB).

A dupla que disputou em chapa pura ficou à frente das candidatas Eliane Müller (PP), que recebeu 3.547 votos (39,51%) e Ana Paula Schulze, que fez 676 (7,53%).

Para o novo mandato, Tamanini espera concluir projetos já iniciados em mandatos anteriores, como a nova sede administrativa do município. Com a conclusão da sede, a ideia é que o atual prédio da Prefeitura seja destinado para a área de turismo.

Veja a entrevista completa com o prefeito eleito de Corupá:

OCP - O senhor está retornando à Prefeitura depois de 4 anos e agora segue para seu quinto mandato. O senhor tem projetos ou ações que já havia começado ou não teve possibilidade de começar nos mandatos anteriores e que gostaria de poder iniciar nesta nova oportunidade? Quais?

Luiz Tamanini - Uma é a nova sede administrativa da Prefeitura na antiga empresa Bauemle e que agora devemos concluí-la e preservar os patrimônios lá existentes. À época foi uma grande aquisição em prol de Corupá.

Com esta sede concluída deveremos transferir a Secretaria de Educação, bem como a sede administrativa para aquele local. Sendo assim, o Centro Cultura Hansa Humboldt será destina exclusivamente para as atividades relacionadas à cultura. E o atual prédio da prefeitura deverá ser destinado para a área de turismo e Conselho Tutelar.

Vamos cuidar da nossa cidade visando à retomada da Secretaria de Agricultura, às ações de meio ambiente. Deveremos fazer contrato de programa com o consórcio da Amvali (Associação dos Municípios do Vale do Itapocu), visando à questão de licenciamentos ambientais.

OCP - Como deve ser essa retomada à Prefeitura, na questão de montagem da equipe e de voltar a ter contato e a trabalhar com os servidores municipais? Pretende mexer na estrutura administrativa?

Luiz Tamanini - Deveremos sim propor uma reforma administrativa visando adequá-la às nossas propostas inseridas em nosso Plano de Governo. Faremos uma transição diplomática com a atual administração, tendo em vista que já tivemos uma conversa nesta quinta-feira (19) com a atual gestão.

OCP - O senhor já tem um planejamento de trabalho, projetos ou ações para os primeiros seis meses ou para o primeiro ano do novo mandato? Quais?

Luiz Tamanini - O primeiro passo é verificando as condições da pandemia e deveremos propor projetos de lei junto ao Legislativo municipal, visando à retomada de programas de pavimentações e calçadas. Na área administrativa deveremos analisar leis existentes e adequá-las para o momento, visando agilidade nos serviços prestados para a população como de alvarás e licenciamentos, para uma gestão enxuta e voltada para o cidadão.

OCP - Como deve ser sua atuação na Prefeitura?

Claudio Finta - Já fui vereador, entre 2013 e 2016, e também fui presidente da Câmara. Nesse período, cheguei a assumir a Prefeitura, como prefeito em exercício, por um mês. Minha intenção é acompanhar todas as secretarias, ser um fiscal mesmo, ajudando e estando disponível para todos os departamentos.

Como presidente da Câmara, acompanhei muitos projetos enviados pela Prefeitura, analisava, nunca deixamos projetos parados. Então também quero fazer esse acompanhamento dos projetos enviados pela gestão para a Câmara.

 

Telegram Jaraguá do Sul