O pré-candidato do PSOL à presidência da República, Guilherme Boulus, cumpriu nesta terça-feira (17) agenda de visitas e debates em Florianópolis e região e foi contundente ao apresentar uma de suas principais propostas: “Vamos revogar todos os atos autoritários e impopulares do governo Temer”.

Leia mais: Cenário para disputa à presidência segue indefinido às vésperas das convenções

 

Pré-candidato do PSIL foi até a Ocupação Contestado | Foto Hermínio Nunes | Divugação

Em seguida foi até a Ocupação Contestado, na região de Serraria, em São José, onde mais de 100 famílias moram desde 2012.

Boulus é originário do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e garantiu apoio aos militantes do movimento.

O ponto alto da passagem foi o encontro com militantes na Escadaria da Ubro, na região central de Florianópolis. O pré-candidato falou com uma plateia formada por jovens militantes de esquerda e correligionários do PSOL, PCB, entre outros partidos.

Na conversa, onde respondeu várias perguntas, não poupou críticas ao atual governo federal e disparou: “Vamos revogar as ditas ‘reformar’ do Temer”.

Boulus fez críticas às mudanças no ensino médio e apresentou, conceitualmente, sua proposta; “Não queremos uma escola só para tirar nota e passar de ano, nem que prepare os jovens para arrumar emprego. Queremos uma escola que desenvolva o espírito crítico do jovem”.

Boulus quer taxar grandes fortunas | Foto Hermíio Nunes | Divulgação

 

O pré-candidato do PSOL detonou a reforma trabalhista aprovada no atual governo, citando os números do desemprego no país.

Guilherme Boulus fez uma comparação aos críticos do Bolsa Família. “Em média o Bolsa Família paga R$ 174,00, chamar as pessoas que recebem isso de ‘enconstados’ parece piada”.

Por fim, comparou com o que chamou de Bolsa Empresário. “Vamos taxar as maiores fortunas e para de dar o peixe ao empresário. Vamos ensiná-los a pescar”.

À noite ele ainda participou de um debate sobre a Saúde e jantou com seus companheiros de partido.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?