A ajuda dos drones se reflete em todas as frentes de trabalho do governo de Santa Catarina atualmente. No caso dos bombeiros militares catarinenses, o uso do equipamento também é uma realidade.

Segundo o tenente Pedro Reis, um dos pioneiros do uso da ferramenta na corporação, os drones auxiliam na gestão de um evento ou ocorrência. "Isso proporciona ganho na eficiência do serviço prestado à sociedade. Com ele, é possível ao bombeiro fazer um levantamento da situação ou uma transmissão ao vivo para um posto de comando. Dessa maneira, é possível fazer as correções necessárias em tempo real e, ao fim da ocorrência, fazer um feedback mais assertivo de erros e acertos. O ganho é substancial”, afirma Reis.

A expertise com o uso dos drones fez com que o Corpo de Bombeiros Militar de SC fosse a única instituição convidada pelos bombeiros de Minas Gerais para ajudar durante a operação após o desastre na barragem de Brumadinho. Bombeiros de outras unidades da federação também atuaram no local, mas de forma voluntária.

Expansão em vista

Com o barateamento da tecnologia e o nível de conhecimento cada vez mais elevado, os órgãos de Santa Catarina planeja a expansão do número de drones e de sua área de atuação. No caso do Corpo de Bombeiros, por exemplo, o objetivo é ter, a curto prazo, aeronaves com pilotos habilitados em todos os batalhões do Estado. Por conta disso, foi realizado um curso teórico e prático em março para a formação de novos condutores.

(Fonte: Assessoria Governo de SC)

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger