A condição que separa a confirmação da entrada do presidente Jair Bolsonaro nos quadros do PL é apenas o horário do ato de filiação, informou nesta quarta-feira (24) o próprio chefe do Executivo federal. As informações são do site Metropoles.

“Está tudo certo para ser um casamento e seremos felizes para sempre. A princípio, está tudo certo para o dia 30, por volta das 10h30 da manhã. Não sei se posso fazer nesse horário, que é horário de expediente, mas está tudo certo”, disse Bolsonaro a jornalistas após sair da Câmara dos Deputados, onde foi homenageado com a Medalha do Mérito Legislativo.

A entrada do presidente ao partido presidido por Valdemar Costa Neto passou por percalços porque o chefe do Executivo não aceitou que a sigla mantivesse alianças estaduais que já estavam combinadas. “Acertamos São Paulo e alguns estados do Nordeste. No macro, foi tudo conversado com Valdemar, que é uma pessoa que é conhecida por honrar palavra. E temos tudo para realmente ajudar na política brasileira”, completou Bolsonaro.

Ao ser questionado sobre a filiação ainda no Salão Verde, da Câmara, Bolsonaro respondeu fazendo o gesto de 22 com as mãos.

Na terça (23/11), o PL adiantou que Bolsonaro deve se filiar em ato na sede do partido, em Brasília.