O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) autorizou a prorrogação do prazo de entrega do pacote de obras de mobilidade que financia em Blumenau. A notícia foi confirmada durante reunião do prefeito da cidade, Mário Hildebrandt (sem partido), com dirigentes do órgão de fomento, nesta quinta-feira (25), em Brasília (DF).

Com a extensão, os contratos passam a ter vigência até junho de 2020, dez meses a mais que o prazo inicial. Caso não houvesse a autorização, o município poderia perder os recursos destinados para as obras que não fossem finalizadas até agosto deste ano.

Obras do BID em Blumenau

Formalizado em 2017, o pacote totaliza um investimento de US$ 118 milhões em mobilidade urbana.

Paralisada neste momento com apenas 30% dos trabalhos executados, a revitalização da rua General Osório é a que está em situação mais crítica. Na semana passada, a Prefeitura e a empresa Compasa, que havia vencido a licitação, acertaram a rescisão contratual. Um novo processo de contratação precisará ser feito para sua retomada (veja mais aqui).

Os serviços de readequação da rua República Argentina e de implantação do binário com a rua Chile, no bairro Ponta Aguda, já alcançaram 90% de execução. O panorama é similar na construção da rotatória na rua Dr. Pedro Zimmermann, que está em fase de conclusão.

As obras da rua Humberto de Campos e do Terminal Norte, na Itoupava Central, encontram-se com 75%, enquanto os trabalhos no Terminal Oeste, na Água Verde, chegaram a 48% de evolução física.

*Com informações da assessoria de imprensa

Quer receber as notícias no WhatsApp?