Carlos Moisés não conseguiu liminar contra o impeachment | Foto Agência Brasil
Carlos Moisés não conseguiu liminar contra o impeachment | Foto Agência Brasil

A Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif) publicou uma nota nesta quarta-feira (16) em que afirma que o possível afastamento do governador Carlos Moisés do cargo "trará ainda mais incertezas ao destino dos catarinenses".

Na quinta-feira (17), a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) decidirá se o processo de impeachment do chefe do Executivo e da vice, Daniela Reinehr, terá continuidade.

No comunicado, a Acif diz que, "caso confirmado, o vazio institucional será prejudicial à recuperação econômica de Santa Catarina, que começa a dar bons sinais de retomada diante da maior crise da história".

A entidade ressalta que apoia de forma irrestrita a investigação dos supostos crimes atribuídos a Moisés e Daniela, bem como defende o devido processo legal, mas "considera que a drástica medida tem viés essencialmente político, totalmente inoportuno neste momento tão conturbado".

Conforme a nota, "a combinação do caos econômico com um imbróglio institucional custará muito ao estado", pois contribuirá para "a insegurança dos poderes e a evasão de investimentos".

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul