Os vereadores aprovaram nesta quinta-feira (3), por unanimidade, a Moção de Apelo que viabiliza R$ milhões para compra de concreto para pavimentação de ruas irregulares de Jaraguá do Sul. O projeto foi de autoria dos vereadores Anderson Kassner, Celestino Klinkoski, Eugênio José Juraszek, Isair Moser, Jackson José de Ávila, Jaime Negherbon, Marcelindo Carlos Gruner e Pedro Garcia. A Moção considera a precariedade das ruas, nos loteamentos irregulares e o direito do cidadão a infraestrutura básica.

Fala dos vereadores

Defendendo a iniciativa na tribuna, o vereador Marcelindo Carlos Gruner citou exemplos da dificuldade enfrentada por muitos moradores destas vias. “A dificuldade de infraestrutura dessas RIs é muito grande e praticamente todos pagam IPTU. Então a sugestão é para que o Executivo possa pavimentar essas ruas tão precárias. Isso vai trazer saúde e dignidade para as pessoas”, salientou Gruner. “Esta moção é muito válida. Vai resolver o problema onde as maquinas não podem entrar”, acrescentou Jaime Negherbon. O líder de Governo na Câmara, Pedro Garcia acrescentou que desde o ano passado existe esta cobrança para pavimentação das RIs. “Está sendo visto um meio legal para isso”, esclareceu Garcia. O vereador Ademar Braz Winter reforçou o fato de que os moradores que pagam IPTU têm direito de receber o benefício. “Esse pessoal tem direito, estão pagando seus tributos, tem que ser feito concreto nessas ruas” cobrou. Arlindo Rincos questionou sobre a possibilidade de cobrança de contribuição de melhorias, caso os recursos venham do Executivo Municipal. “Cobra de um, cobra de outros, tem que haver isonomia e coerência. Todas as obras de asfalto estão cobrando esta contribuição”, lembrou ele. A moção é endereçado ao Prefeito Municipal, Antídio Lunelli. *Com informações de Assessoria de Imprensa https://ocponline.com.br/combater-fake-news-e-um-dos-desafios-da-justica-nesta-eleicao/ https://ocponline.com.br/especialista-jaraguaense-tira-duvidas-sobre-a-guerra-da-siria/