Os vereadores de Florianópolis decidiram retirar do projeto de lei a concessão do vale-refeição no valor de R$ 1 mil para cada um deles. O PL 17.870 foi aprovado na quarta-feira (10), de forma acelerada, na última sessão antes do recesso legislativo do meio do ano.

De acordo com nota oficial emitida pela Câmara de Vereadores neste sábado (13), o “Presidente da Câmara, Roberto Katumi Oda, junto com os demais vereadores que assinaram o projeto que concede o benefício de vale-alimentação, comunicam que, como representantes da população de Florianópolis, não poderiam desconsiderar o descontentamento da sociedade quanto a concessão de tal benefício. Desta forma, informam que o direito ao de vale-alimentação será retirado do referido projeto”.

O aumento da verba de gabinete, porém, equivalente a 25% do que é pago aos deputados estaduais, está mantido no projeto que já foi aprovado em primeira votação e tem a segunda votação marcada para a voltas atividades parlamentares, a partir de 5 de agosto. Mas uma nova reunião agendada para a próxima segunda-feira (15) vai reavaliar a questão.

Quer receber as notícias no WhatsApp?