Nesta quinta-feira (17), os 40 deputados estaduais de Santa Catarina votam no Plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) se aceitam ou não a decisão da comissão de impeachment para decretar a abertura do processo, que poderá culminar no afastamento do governador Carlos Moisés (PSL) e da vice Daniela Reinehr (sem partido).

O que diz a acusação

No relatório aprovado nesta semana, a comissão de impeachment considera que há indícios da prática de crime de responsabilidade por parte de Moisés ao avalizar a concessão do reajuste sem autorização legislativa e sem dotação orçamentária.

O governador também teria cometido crime ao não suspender o pagamento do reajuste, apesar de decisão judicial de fevereiro deste ano determinando a suspensão.

Já Daniela Reinehr, que exerceu o cargo de governadora entre 6 e 20 de janeiro, teria cometido crime ao não suspender o pagamento do reajuste quando teve conhecimento do mesmo, em 15 de janeiro, além de não ter tomado providências para apurar as supostas irregularidades na concessão do aumento.

Veja ao vivo a votação que pode levar a impeachment do governador Carlos Moisés

Com informações da Agência AL

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul