"Ainda não sou pré-candidato, mas meu nome está bem cotado”, diz Amin

"Ainda não sou pré-candidato, mas meu nome está bem cotado”, diz Amin "Ainda não sou pré-candidato, mas meu nome está bem cotado”, diz Amin

Política

Por: OCP News Jaraguá do Sul

sexta-feira, 03:30 - 09/02/2018

OCP News Jaraguá do Sul
"Ainda não sou pré-candidato, mas meu nome está bem cotado”, afirma o deputado federal Esperidião Amin (PP), sobre o projeto eleitoral para o pleito de outubro. Aos 70 anos, o progressista mestre e doutor em gestão pública por indicadores, salientou a importância de um novo projeto de governo na gerência do Estado. “Independentemente do partido que se eleger, Santa Catarina precisa de uma alternância no poder. Sabe aquela história de que se colocar uma vassoura nova para varrer, ela vai varrer melhor, é mais ou menos por aí”, comenta Amin. O político é discreto ao falar da pretensão ou não ao governo do Estado, e diz que o momento agora é estudar um bom nome para concorrer às eleições pelo PP e fortalecer as futuras coligações. “Ainda não sou candidato, mas sou uma alternativa para isso, daí para ser candidato é outra coisa. Como presidente do partido, neste momento estamos buscando parcerias para montarmos uma coligação forte, com novas ideias para a gestão de Santa Catarina”, salienta o deputado federal. Recentemente Amin destinou uma verba de R$ 1 milhão para Joinville investir na manutenção da saúde. “E é a saúde e a segurança que precisam de atenção especial no nosso Estado. O primeiro desafio para o próximo governador é enxugar a máquina pública que está superdimensionada há 16 anos de continuísmo. Precisamos de um governo de mudança, que faça uma gestão de qualidade, por meio de indicadores. Queremos um governador que valorize o funcionalismo público, atue com o regime de meritocracia, estimulando os servidores. Temos que ter mais gestão e menos politicagem”, finaliza Esperidião Amin. Reunião de diretório pode trazer surpresas Em pouco mais de duas semanas, no dia 26, o PP realiza reunião do diretório estadual. O encontro foi convocado por Esperidião Amin no mesmo ato em que solicitou a licença da presidência do partido, a partir de 1º de fevereiro. A saída do comando da sigla faz parte do acordo firmado em convenção estadual da legenda, em agosto do ano passado, e o deputado estadual Silvio Dreveck deve ser eleito novo presidente do PP de Santa Catarina. Além da eleição para a presidência e vice-presidência da sigla – para a qual Amin deverá ser conduzido –, no encontro os membros também farão uma análise do quadro político eleitoral, conforme convocação do presidente licenciado. Na imprensa estadual, no entanto, ventila a possibilidade de que a reunião marque também o pré-lançamento da candidatura de Amin para o governo do Estado. *Reportagem de Windson Prado e Verônica Lemus
×