Alesc aprova eventos para debater questões ambientais

Foto: Vicente Schmitt/Agência AL

Por: Elisângela Pezzutti

13/07/2023 - 13:07 - Atualizada em: 13/07/2023 - 13:32

A Comissão de Turismo e Meio Ambiente aprovou, na tarde desta quarta-feira (12), cinco requerimentos que propõem a realização de eventos, com datas e locais a definir, para a discussão de temas relativos à preservação ambiental. O presidente do colegiado, deputado Marquito (Psol), é o autor das proposições.

Os parlamentares autorizaram a exibição do documentário “Colapso anunciado”, com o objetivo de discutir as condições ambientais, saneamento básico, poluição e mudanças climáticas. Reunião ampliada vai debater o cenário de ações antrópicas que impactam a Lagoa do Sombrio e a Lagoa do Caverá , no sul do Estado, para fomentar um diagnóstico atualizado.

Outra reunião ampliada vai tratar das tividades de extrativismo e manejo florestal em Santa Catarina, com participação de representante do IMA. Completam os pedidos as realizações de 12 seminários regionais para cada assunto: fomentar a promoção de hortas e compostagem no ambiente escolar e a promoção de transição ecológica, especialmente na agroecologia para a rizicultura.

Emenda substitutiva global

Marquito foi o relator e apresentou emenda substitutiva global ao PL 268/19, do deputado Ivan Naatz (PL), retirando a obrigatoriedade de multa quanto à permissão de entrada de animais de estimação de pequeno porte, especificamente cães e gatos, em estabelecimentos comerciais, shoppings, bares, restaurantes e similares.

Participaram também da reunião os deputados Lunelli (MDB), Gerri Consoli (PSD), Lucas Neves (Podemos), Carlos Humberto (PL) e Fabiano da Luz (PT).

Notícias no celular

Whatsapp