A bancada feminina e a presidência da Assembleia Legislativa aderiram à campanha “É por elas!”, lançada pelo PSB de Santa Catarina, no Dia Internacional da Igualdade Feminina, com o objetivo de fortalecer o enfrentamento da violência contra as mulheres.

As deputadas Ada de Luca (MDB), Luciane Carminatti (PT), Marlene Fengler (PSD) e Paulinha (PDT), além do deputado Julio Garcia (PSD), presidente da Alesc, foram unânimes em destacar a importância da mobilização, que aconteceu no início da noite desta quarta-feira (26), durante uma transmissão online.

De acordo com Garcia, o evento é importante por estar ligado a um tema muito atual. “Normalmente é discutido por iniciativa de mulheres. Mas hoje é por parte de um homem”, citou o deputado, fazendo alusão ao presidente do PSB no Estado, Cláudio Vignatti, que idealizou a campanha.

Coordenadora da Bancada Feminina, Ada de Luca comentou as conquistas que ela e as demais deputadas conseguiram obter com o apoio da presidência da Casa. “Viabilizamos a Delegacia Virtual da Mulher e o serviço de Proteção e Atenção às Vítimas de Estupro para combater a impunidade”, citou.

Ao parabenizar a criação da campanha, a deputada Paulinha lembrou das dificuldades que as mulheres ainda encontram dentro da política. “Eu tive o privilégio de ocupar espaços. Mas nossa situação ainda é muito difícil, pois os partidos ainda são ambientes dos mais preconceituosos na democracia brasileira. É raro ver um presidente de partido assumir a luta das mulheres. E faz diferença quando um homem assume a nossa defesa em um ambiente onde o machismo é endêmico”, avaliou.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp