A Vara da Fazenda do Poder Judiciário leiloa de 8 a 16 de julho oito imóveis de Jaraguá do Sul que tiveram todas as tentativas de cobrança judicial do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) esgotadas, tendo como última alternativa a penhora.

Os imóveis a serem leiloados estão nos bairros Vila Lenzi, Água Verde, Centro, Rio Cerro I, Czerniewicz, Barra do Rio Cerro e Ilha da Figueira. As avaliações variam de R$ 140 mil a R$ 700 mil, com lances iniciais a partir de R$ 70 mil.

Entre os imóveis estão um terreno, seis residências e uma edificação residencial e comercial. Com o leilão, a Prefeitura de Jaraguá do Sul pretende arrecadar R$ 183 mil, originados de dívidas de IPTU.

As informações detalhadas dos imóveis e seus respectivos lances iniciais (50% da avaliação do imóvel) estão disponíveis no site da Agência de Leilões.

Dívida com imposto pode custar imóvel

O leilão é a última instância da cobrança do IPTU de imóveis. O procurador municipal Jaison Silveira explica que mesmo que o munícipe tenha apenas um imóvel, esse imóvel poderá ser leiloado, caso não seja pago o imposto devido.

“Do valor pago pelo imóvel no leilão, a parte devida de IPTU à prefeitura é destinada ao município e o que resta, ao proprietário. O arrematador passa a ser o novo proprietário do imóvel”, detalha.

Fonte: Prefeitura de Jaraguá do Sul

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger