Foto Divulgação
Foto Divulgação

Uma parceria da Prefeitura de Jaraguá do Sul com o Senai, assinada nesta segunda-feira (2), vai garantir a 75 adolescentes, com idade entre 14 e 18 anos, cursos gratuitos de formação profissional.

Os selecionados serão jovens que estão situação de vulnerabilidade econômica e frequentam os serviços oferecidos nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social). A escolha dos participantes foi feita pelo local e há fila de interessados para uma nova edição.

Com recurso de R$ 36.480, oriundo de doações ao FIA (Fundo de Infância e Adolescência), serão ofertados três cursos: modelagem e costura básica, de eletricista residencial básico e de robótica.

As aulas devem iniciar já em dezembro no Sesi e a carga horária varia de 68 horas a 80 horas.

Para a secretária Maria Santin Camello, a iniciativa inédita vai trazer formação e oportunidade a um público que precisa. “O objetivo é capacitar esses jovens facilitando a inclusão deles no mercado de trabalho. São áreas que têm vagas, mas que empregam quem tem conhecimento específico”, diz.

Segundo o diretor do Senai, Jeferson Galdino, o índice de empregabilidade de quem participa dos cursos da entidade é de 92%.

Galdino defende ainda que as empresas e pessoas jurídicas façam doações aos fundos municipais, deduzindo do Imposto de Renda.

“Esses recursos ficam aqui. Os fundos são mecanismos importantes, então, conversem com um contador, saibam como fazer a dedução, hoje o marco regulatório dá toda segurança. Só conseguimos oferecer essas 75 vagas de capacitação porque os empresários fizeram suas doações”, afirmou.

Célio Bayer chamou atenção para a sensibilidade social inserida em projetos como esse e afirmou que Jaraguá do Sul pode ser referência também na utilização dos fundos. Para o vice-prefeito Udo Wagner, sem desenvolvimento social o desenvolvimento econômico não faz sentido.

 

Com informações da assessoria de imprensa

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger