A morte prematura de Otávio José Rosá, 23 anos, comoveu a comunidade de Corupá. O jovem não resistiu a um câncer e foi enterrado na tarde de terça-feira (6). Os amigos motociclistas realizaram uma homenagem durante o enterro.

O funeral reuniu muitos entes queridos e o caixão de Otavinho, como era conhecido, foi escoltado da capela até o Cemitério Municipal de Corupá pelas motocicletas. Rafael Rodrigo Mundt, 32 anos, conhecia Otávio das trilhas feitas com motos e se emocionou ao se despedir dele.

“Eu achei emocionante fazer essa homenagem com as motos, pois aquilo era o que ele gostava de fazer. Ele tinha melhorado e feito algumas trilhas com a gente, mas não conseguiu vencer o câncer. Ele era um amor de pessoa e tinha um coração muito bom”, lamenta Rafael.

Otávio deixou enlutados a companheira, a mãe, dois irmãos, os avós sobrinhos, outros familiares e amigos.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança